2112

Governo Municipal de Ribeirópolis

Pular para o conteúdo
Governo Municipal de
Ribeirópolis

NOTA OFICIAL

Fonte: Assessoria de Comunicação
14/09/2022 às 09h07

Noticia

Galeria com imagens e vídeos sobre a matéria


NOTA OFICIAL

O Governo Municipal de Ribeirópolis por meio do prefeito Rogério Sobral repudia toda ação que ocorreu ontem, 12, no Ginásio de Esportes Antônio Francisco Nascimento (Saracura).

A Seleção de Ribeirópolis recebeu o time de Lagarto pelo segundo jogo da das quartas de finais da Copa TV Sergipe de Futsal. A equipe visitante venceu o jogo por 3x1. Com o resultado, o jogo iria para a prorrogação. 

De maneira irresponsável e criminosa, TORCEDORES DA EQUIPE DE LAGARTO disparam spray de pimenta nos nossos torcedores, como foi divulgado premeditadamente nas redes sociais da torcida e posteriormente, zombando de tal ato. Várias pessoas passaram mal, crianças e idosos foram levados ao hospital. 

Vale ressaltar que no primeiro jogo, na cidade de Lagarto fomos intimidados pela torcida, nosso técnico, o professor Rafael Moreira foi agredido por torcedores que geraram uma confusão. Agentes de segurança da nossa seleção tiveram que intervir na situação tendo em vista que a equipe local não solicitou apoio policial para um jogo de tamanha grandeza. Apenas 3 guardas municipais faziam a “segurança” do local. 

Em Lagarto, integrantes da nossa comissão técnica foram acuados por torcedores e como maneira de evitar um desfecho ainda pior, nossos seguranças dispararam spray de pimenta para dispersar os agressores que partiam para cima dos membros de nossa equipe. 

A torcida é conhecida em todo estado por atos similares a selvagerias, barbáries e agressões. As cidades de Nossa Senhora da Glória e Simão Dias já presenciaram as ações grotescas da torcida lagartense. Ninguém da direção do time de Lagarto se manifestou em nenhum dos ocorridos como de praxe, em Ribeirópolis aconteceu o mesmo.

Esperamos que os organizadores não permitam que a imagem do futsal sergipano seja maculada por ações criminosas que precisam ser rapidamente aniquiladas. A Federação precisa rever as leis e punir as equipes que se acham maiores que o regulamento. 

A direção do time visitante informou que não voltaria a quadra para a disputa da prorrogação por falta de segurança. Isso não é verdade, toda logística de segurança foi montada, órgãos de segurança pública foram informados com antecedência e compareceram ao Ginásio. Além de seguranças particulares, policiais militares, policiais civis e até o delegado estavam presentes. Seguindo o regulamento a equipe ABANDONOU a quadra e deve ser penalizada e eliminada pela organização da Copa.

A equipe de Lagarto registrou Boletim de Ocorrência na cidade de Itabaiana alegando agressões de maneira mentirosa.

Integrantes da diretoria do Lagarto tentam nos intimidar e zombam por estarmos iniciando em nosso novo projeto, estamos dando um pequeno passo para construir uma grande história. Respeitem nosso time, nossos torcedores e nossa cidade. 

Esperamos que a Justiça Desportiva seja prudente puna quem abandonou o jogo covardemente!


Parceiros

Empresa Sergipana de Tecnologia da Informação